2

Dicas para desenvolver uma comunicação assertiva

VOCÊS IMAGINAM QUAL ERA O MEU APELIDO DE INFÂNCIA?
Tlinta e tlêis e Cebolinha. Só para ficar claro, Cebolinha é aquele personagem do cartunista Mauricio de Souza, que não consegue falar o erre e fala “elado” em vez de errado. Bem, acho que está bem claro porque eu era chamado assim, não é mesmo?
EU NASCI COM A LÍNGUA PRESA
Por causa disso tinha muita dificuldade de falar o “t” e o “r” juntos ou o “d” com o “r”. Então, palavras como três e madrinha saíam “ tlês” e “madlinha”. Veja só, eu não era como Cebolinha, que não conseguia falar o “r”. O meu problema era quando essas letras estavam juntas. Até hoje, eu não consigo fazer o “rrrrrrrr” na ponta da língua, estilo Galvão Bueno.

ENTÃO, IMAGINA SÓ O QUANTO ERA ZOADO NA ESCOLA!
Junta isso a minha timidez. Isso mesmo, eu era muito tímido na escola. Hoje, vejo muita gente falar em bullying, e vou te dizer que sofri muito com isso na escola. Para completar, ainda era meio gordinho. Alguns me chamavam de gordo ou pança. Então, bullying foi meu nome do meio durante um bom período da minha vida escolar.
AÍ, VOCÊ PODE PERGUNTAR: COMO QUE EU RESOLVI ISSO?
A minha família nunca me levou num fonoaudiólogo, pois, para eles, isso nunca foi um problema e, confesso que, para mim também não era assim tão relevante. Mas é claro que, com o passar do tempo, esta situação começou a me incomodar mais.

AMIGO É COISA PARA SE GUARDAR DO LADO ESQUERDO DO PEITO
Na época, eu tinha um amigo mais velho, que me ajudou bastante,e, um dia ele me falou: “por que você não tenta falar“tereis” em vez de tlês.

E assim, ele me ensinou a falar rápido, tereis, tereis, tereis. E quanto mais rápido eu falava, ficava a impressão de estar falando corretamente. E com este simples exercício, resolvi o meu problema de fala e isso foi um fator que me deu mais confiança para me expressar e também vencer a minha timidez.

Mas o momento crucial foi na faculdade de Administração, quando entrei para o movimento estudantil e após assumir o cargo de diretor do Centro Acadêmico de Administração, acabei sendo eleito presidente do DCE – Diretório Central dos Estudantes de todos os cursos da unioeste, em Cascavel.

ENTREVISTAS

O envolvimento no movimento estudantil, me ensinou muitas coisas, especificamente, no que tange à comunicação, pois aprendi falar para pequenos e grandes públicos e dar entrevistas. Foi uma ótima escola de comunicação! E aí você pode perguntar: onde eu quero chegar com isso?
Uma das soft skills ou competências comportamentais mais importantes para um bom profissional é a comunicação, seja ela, oral ou escrita; se comunicando com um grupo de funcionários ou para centenas de pessoas.
A maior parte dos problemas de uma empresa são os ruídos de comunicação, que ocorrem no ambiente de trabalho e geram dificuldades no relacionamento e também falhas processuais e técnicas. Um bom profissional, seja ele, gestor ou não, deve saber se comunicar de forma assertiva, expressando segurança, clareza e honestidade nas palavras.

7 dicas para você desenvolver uma comunicação assertiva

1) SE COLOQUE NO LUGAR DA SUA AUDIÊNCIA

Sempre que você se comunicar tente entender para quem você está falando, seja numa comunicação individual, em grupo ou para centenas de pessoas. Seja formal quando é necessário a formalidade, ou seja, utilizando um português correto, no entanto, em determinados casos, você pode ter uma linguagem mais informal.
Quando eu palestro, por exemplo, numa cerimônia de formatura devo seguir uma formalidade, pois é um evento solene. Contudo, quando falo com os meus coordenadores, individualmente ou em grupo, posso ser informal sem ser desrespeitoso.

2) APRENDA OUVIR ANTES DE FALAR

O saber ouvir, de fato, não é uma competência que todos possuem. E ouvir não é apenas deixar que a pessoa fale, mas é, realmente prestar atenção, mostrar-se interessado no que ela estiver falando e ser cirúrgico quando é a sua hora de falar. • Tem um ditado que diz que Deus nos criou com duas orelhas e apenas uma boca e que isso seria uma indicação de que devemos ouvir mais e falar menos.

ATENÇÃO! Observe e analise o tom da voz, os gestos, os olhares e postura corporal da pessoa, para que você saiba o que e como falar.

3) ATENÇÃO A SUA FALA E ESCRITA

Será que o modo como você se expressa é adequado? Muitas vezes nos esquecemos de observar a forma como falamos e escrevemos, e não avaliamos se estamos sendo assertivos ou ofensivos quando nos referimos aos outros.
Antes de enviar um e-mail ou WhatsApp, leia o que escreveu para ver se está correto e se você não está ofendendo ou sendo desrespeitoso com a outra parte.
Na comunicação oral, preste atenção se o seu tom de voz, palavras, expressões físicas e faciais estão passando uma mensagem contrária a que deseja. Se você não tiver o cuidado necessário, 

é possível que o seu interlocutor receba suas palavras como crítica ou num sentido diferente do que você quis dar.
Atenção com o tom, pontuação e palavras escolhidas. Seja claro e objetivo. Evite textos rebuscados. Tenha foco no conteúdo que deseja transmitir e faça-o de forma concisa e honesta, mas sem ser grosseiro.
Tenho como princípio, nunca responder a um e-mail mais agressivo, no mesmo momento em que leio. Sempre deixo para responder uma hora depois ou no dia seguinte, pois sei que se responder na hora, posso reagir sem pensar adequadamente.

4) ENTENDA O TIMING DA SUA FALA

Tenha em mente que você deve escolher qual o momento e o tempo certo para se manifestar, pois se errar nisso, apesar da sua fala ser muito importante, a sua comunicação não será assertiva, logo, o seu interlocutor não estará preparado para recebê-la. Muitas vezes, por falta de sensibilidade do momento certo, acabamos criando uma antipatia com o interlocutor que poderia ser evitada.
Na minha vida profissional errei muitas vezes quando falei com o meu chefe ou funcionários no momento inoportuno;
• Aprendi que só se deve falar o essencial para o chefe quando ele não está num bom dia;
• Se você já foi alertado do estado de humor nada amistoso de alguém, então deixe para amanhã o que não precisa ser falado hoje;
• Isso serve também para a sua vida pessoal, seja em conversa com amigos ou esposa(o).

5) TENHA CONTEÚDO

Se comunicar apenas porque você tem necessidade de falar ou escrever não é muito sábio. A primeira característica de uma boa comunicação é um português correto. A não ser que você seja o Tiririca e saiba fazer os outros rirem; não pense que falar um português errado vai te fazer respeitado. Neste caso, é mais fácil as pessoas te ridicularizarem.
Agora, você também não precisa ser o Ruy Barbosa para se manifestar;
• Boas leituras te ajudarão no domínio da língua falada e escrita e irão te conferir embasamento e conhecimento técnico sobre o assunto em questão, além de fortalecer a sua comunicação assertiva;
• Seja humilde quando o seu interlocutor souber mais sobre o tema e absorva o máximo de conhecimento possível com perguntas pertinentes.

6) VOCÊ NÃO É O DONO DA RAZÃO

Caso, os seus colegas de trabalho e amigos tenham posições diferentes da sua, aprenda a respeitar e não se coloque numa posição de arrogância, pois agindo assim, só obterá antipatia e certamente, a sua comunicação não será assertiva
Após a fala dos seus colegas, evite começar a sua comunicação com formas negativas como: “não concordo com o que você está falando”, ou“você está errado ou falando besteira”. Esta posição só irá fazer com que o seu interlocutor feche sua mente para o que você tem a dizer;
• Procure começar com: “entendo e respeito o que você está falando, mas...”, ou então “neste aspecto concordo contigo, porém…”. É claro que você precisa ser honesto e achar um ponto de vista que realmente concorde e não dizer isso apenas para agradar a pessoa.

7) BUSQUE EVOLUÇÃO CONTÍNUA

Você é um bom comunicador? Maravilha! Mesmo assim, você pode melhorar, pois um comunicador eficiente sabe que é preciso buscar constantemente a evolução na comunicação. Entender um processo de comunicação envolve compreender as pessoas e se importar com elas. Quanto mais você conhecer as pessoas que estão a sua volta ou o público que está interagindo contigo, terá mais sucesso e engajamento as suas ideias.
Se você ainda tem dificuldades no processo de comunicação, não desanime.
Lembre-se da história deste que escreve este texto, que não conseguia nem falar o português corretamente e era motivo de piadas dos colegas, mas que, atualmente, dirige uma instituição de ensino com aproximadamente 500 funcionários e mais de 5 mil alunos, onde a comunicação é essencial todos os dias.

"Tenho consciência que ainda estou muito distante dos grandes comunicadores, mas busco evolução constante visando o aperfeiçoamento nesta área.

Se possível, invista tempo e dinheiro na comunicação, faça cursos de oratória e como já citado anteriormente, leia conteúdo de qualidade, pois estes serão os tutores que irão te guiar ao sucesso!"

murilo

SOBRE O AUTOR

MURILO ANDRADE

Atualmente é Reitor do Centro Universitário Unifacear desde 2001. CEO da Facear International University (Flórida, Estados Unidos). Avaliador do MEC/INEP. Professor de graduação e de pós-graduação. Doutor emAdministração pela UFPR. Mestre emTecnologia pela UTFPR. MBA em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento de Talentos pela UNIFACEAR. Especialista em Gestão Escolar e Políticas Educacionais pela UNIFACEAR e em Direito Administrativo pela UFSC. Graduado emAdministração pela UNIOESTE e em Direito pela UNIPAR. Todos os diplomas brasileiros são reconhecidos nos Estados Unidos pela IERF - International Education Research Foundation, INC. Proprietário da empresa Bunker Locações de Container Curitiba e do Instituto Profissional do Futuro em Araucária.

Blog

O que o circo pode nos ensinar

Creio que o circo pode nos ensinar 4 coisas importantes, nestes novos tempos onde a incerteza é muito grande:

1) Adaptabilidade: o circo se adapta ao momento e as circunstâncias. O circo é efêmero. Se o circo vai para uma cidade e após algum tempo, o público começa a diminuir, ele coloca tudo nos caminhões e se muda. O palhaço faz seu show mas também vende maçãs do amor no intervalo do show.

NOSSOS PRÓXIMOS CURSOS

meninas

Presencial de Alongamento de Cílios

O Curso de Alongamento de Cílios, para quem tem interesse em entrar ou se aprofundar na área da beleza. Confira!

Presencial de Informática

Chega de aprender um monte de coisas que você nunca vai utilizar. Nossos cursos de informática são customizados para a sua necessidade.

Qual é a sua necessidade?

Cursos a distância

Mais de 1200 cursos a distância de alta qualidade

Cursos presenciais

Estética e informática, realizados dentro do Instituto

Cursos semi presenciais

Cursos híbridos com o melhor do virtual e o presencial

Cursos in Company e Palestras

Projetos customizados para a necessidades da empresa. 

Parcerias

Falando sobre Parcerias!

O Instituto PDF entende que este é um mundo diferente onde a concorrência é trocada pelo compartilhamento e pela construção de parcerias para a realização de objetivos comuns.

O Instituto PDF é credenciado como um Polo de Apoio Presencial do Centro Universitário Unifacear. Como polo de apoio presencial nós somos autorizados a comercializar cursos de graduação a distância e semi presenciais, além dos cursos de pós graduação a distância.

O Instituto PDF é uma escola associada ao SharkCorders.
O SharkCoders é a primeira rede de academias portuguesa de programação, jogos e robótica para crianças e adolescentes.

Nós temos feito a diferença na vida das pessoas. Veja.

Dinâmico

O dinamismo na forma de trabalhar têm feito toda a diferença no meu aprendizado.

Eduardo Montenegro, aluno de Marketing Digital

Custo Benefício

Estava com problemas financeiros e precisava me qualificar. O IPDF me apresentou a solução.

Paulo Bernardo, aluno de formação em Barbeiro Profissional

Versátil

Hoje eu sei, na prática, que o EaD é o futuro.
Eu organizo meus horários de estudo.

João Luiz, aluno de Design Gráfico

QUER FALAR COM NOSSA EQUIPE?

Entre em contato conosco, vamos conversar. Juntos encontraremos a melhor solução para as suas necessidades. 

Por favor, insira seu nome.
Por favor, escreva sua mensagem.

ENDEREÇO
Rua Fernando Sucow, 200 - Araucária 

TELEFONE
41) 99101.4020

REDES SOCIAIS
@institutopdfuturo

© 2020 Todos direitos reservados